Tuesday, June 15, 2021

Army of Dead

 Zack Sneyder depois de um periodo de retiro por algumas infelicidades pessoais surgiu em 2021 com dois projetos distintos, desde logo o seu corte de liga da justiça que o publico gostou bem mais que o original, e este irreverente filme de zombies, onde alias ele começou como realizador, numa das grandes apostas de verão da Netflix. E se comercialmente tudo aponta para que o filme se tenha tornado num claro sucesso da aplicação criticamente a mediania que e comum nos filmes de Sneyder teve mais uma vez presente sem obter o sucesso que alguns chegaram a prever.

Army of Dead tem todos os elementos que Sneyder ao longo do tempo nos habituou, e os mesmos defeitos, temos a irreverencia, temos o primor estetico mesmo que muitas vezes com mais espetaculo do que arte e mais que tudo temos um filme longo de ação com sequencias longas que quer ser espetacular sem ser denso ja que as personagens na essencia nao existem, ou servem apenas os curtos propositos comerciais que o filme vai tendo.

Num genero que ao longo da historia nos deu alguns filmes referencia no genero de terror, este filme embora grande e uma produçao de primeira linha, onde fica na retina os excelentes momentos musicais marcados por grande irreverencia mas que no final acabam por nao ser acompanhados principalmente numa narrativa central pouco trabalhada e bastante simplista.

Mesmo assim um filme com alguns recursos de entertenimento que funciona nos seus parametros, que nao sendo uma obra de arte estetica tem bons elementos ficando sempre a ideia que Sneyder esta perto de um filme de referencia o qual nunca chega.

A historia fala de um grupo de pessoas que se juntam para criar um exercito com um proposito entrar em Las Vegas recheada de zombies e tentar resgatar uma fortuna, libertando-se da fome dos mortos vivos dividos em especies.

Em termos de argumento o base, nao temos um filme propriamente trabalhado na intriga nas personagens ou nos dialogos, dando a prevalencia a todos os outros aspetos, e por isso fica a ideia que o argumento deveria ser mais trabalhado pelo menos na especialidade.

Na realizaçao Sneyder dota os seus filmes de uma riqueza estetica indiscutivel, embora nem sempre gostamos do resultado final, parece claro que o estilo e diferenciado. Ficamos com a ideia que ainda procura o filme maior, que nao e este ainda.

No cast Sneyder apostou por desconhecidos de diversas nacionalidades para dar um lado plurar e musculado ao filme que funciona. EMbora as personagens limitassem a criaçao o resultado final acaba por ser competente sem grande risco.


O melhor - Os momentos musicais

O pior  - Tinha espaço para mais riqueza nos dialogos


Avaliação - C+



No comments: